Encontro Com a Palavra

A Luz do Mundo

Pr. Dick Woodward      segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O capítulo nove começa com um milagre de cura, seguido de outro sermão de Jesus.

De modo geral os pregadores hoje primeiro pregam e depois ilustram o que pregaram. Jesus fazia diferente.

Ele usou o mesmo procedimento dos profetas, como por exemplo, Jeremias e Ezequiel, que iniciaram seus sermões com atos simbólicos para atrair a atenção dos seus ouvintes.

Jesus deu continuidade ao seu sermão sobre ser a Água Viva, o Pão da Vida e a Luz do Mundo, com episódios que ilustraram sua mensagem antes dela ser pregada.

Depois de dar a visão a um cego de nascença de quarenta anos, Jesus pregou que Ele é a Luz do Mundo.

Jesus declarou ser um tipo especial de Luz que revelava a cegueira daqueles que achavam que viam e dava visão àqueles que sabiam que eram cegos.

Conta-se que numa explosão de uma mina de carvão, alguns trabalhadores foram resgatados, depois de terem ficado soterrados durantes três dias e três noites.

Na hora do encontro, um dos mineiros perguntou à equipe de resgate porque não havia ali nenhuma iluminação.

Naquele momento todos perceberam que o trabalhador mineiro tinha ficado cego em decorrência da explosão.

Ele já estava cego havia três dias, mas só percebeu quando o resgate chegou trazendo iluminação.

Jesus alegou ser este tipo de Luz, a Luz do Mundo que dá luz àqueles que estão espiritualmente cegos e revela a cegueira daqueles que não sabem que estão cegos.

Os líderes religiosos entenderam a mensagem de Jesus e perguntaram se Ele estava dizendo que eles eram espiritualmente cegos.

Jesus respondeu que se eles fossem cegos, não teriam pecado algum. Mas como eles eram orgulhosos porque podiam ver, não tinham desculpas para oo seus pecados.

As conclusões teológicas são as seguintes: de acordo com Jesus, se não houver luz, não haverá evidência de pecado e a essência do pecado é a rejeição da Luz (João 9:40, 41 e 15:22)

O Bom Pasotr

O capítulo dez é como se fosse a continuação do Salmo 23 de Davi. Nesse capítulo Jesus declara que é o Bom Pasotr sobre quem Davi escreveu.

A metáfora que Jesus usou deixa claro que Ele estava livrando da religião formal, os judeus sinceros e tementes, a fim de que eles O seguissem para a salvação.

Esta é a aplicação espiritual tirada a partir da cura daquele homem cego que foi expulso da sinagoga por ter professado que Jesus é Senhor.

O capitulo onze deste Evangelho é o capítulo da ressurreição.

Essa história mostra como Jesus permitiu que três pessoas passassem pelos dois problemas insolúveis da vida que são enfermidade e morte, por mais que Ele as amasse.

Jesus quis que elas aprendessem que Ele próprio é a Ressurreição, a vitória sobre a morte, e a chave da vida eterna.

Através da experiência da morte de Lázaro, eles aprenderam que aquele que crê em Cristo e vive em união com Ele nunca morrerá. (João 11: 25,26)

Essa história maravilhosa trouxe inspiração e vida para milhões de pessoas durante os séculos de história da Igreja.

Como aplicação dessa história pense nas tempestades que você tem enfrentado em sua vida.

O capitulo 11 do Evangelho de João ensina que Deus permite que Seu povo passe por tempestade e o que Ele quer de nós é a resposta certa diante delas: “Crescer no relacionamento com Ele”.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...


Últimos Artigos

Limpe Tudo Antes e Depois!

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

O Primeiro Programa de Entrevista

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hu-hum ou Naum?

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

A Solução Final de Deus

quarta-feira, 6 de novembro de 2019