Encontro Com a Palavra

Advertência Contra o Materialismo

Pr. Dick Woodward      segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Segundo Paulo, quando um oficial da igreja peca, (e eles pecam mesmo), devem ser repreendidos publicamente, porque o ministério deles é público.

Paulo alertou Timóteo contra o partidarismo na hora de disciplinar, mesmo que a pessoa envolvida seja um amigo pessoal. ( I Timóteo 5:17-25)

Apesar da maior preocupação de Paulo ser o caráter dos homens que estariam na liderança da igreja, no capítulo seis ele acrescenta outras recomendações.

Ele dá alguns conselhos práticos e diz que os escravos devem honrar seus senhores para que o nome de Deus não seja blasfemado. (6:1)

Paulo era realista o suficiente para saber que a escravidão não ia acabar.

Muitos dos primeiros convertidos eram escravos e como ainda teriam que viver neste mundo, Paulo lhes mostrou como lidar com a escravidão.

Riquezas e Materialismo

No capítulo 6 encontramos uma passagem muito importante referente às riquezas e a vida com Deus.

Nossa cultura valoriza muito as riquezas e o materialismo.

Quando uma criança vai para a escola, desde cedo aprende que seu valor vai depender do seu desempenho; mas, quando se torna adulta, descobre que essa fórmula não lhe traz satisfação.

Os melhores profissionais ou os executivos mais bem sucedidos acabam descobrindo que seu desempenho não traz qualquer alegria, satisfação ou realização.

Essas pessoas deveriam atentar para essas palavras de Paulo: “De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro”. (v.6)

Paulo continua falando sobre o materialismo: “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males.” (6:9,10)

Paulo exorta Timóteo a fugir do perigo das riquezas e buscar a justiça. (v.11)

Ele deu uma palavra de exortação que deveria ser transmitida aos ricos: “Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação.” (v.17)

A Bíblia não afirma que é errado ser rico. Existem muitos exemplos de homens de Deus ricos na Bíblia, entre eles, Abraão, Jó e o Rei Davi.

O importante é a motivação que está por trás da busca pela riqueza, e como lidar com ela.

Os ricos devem usar seu dinheiro para fazer boas obras e contribuir com alegria com aqueles que estão em necessidade.

Paulo considerou esse tipo de oferta o único investimento seguro para a vida eterna. (v.18,19)

Paulo estimulou Timóteo a exercitar a fé, porque a vida com Deus representa ganho tanto para a vida presente como para a que está por vir. (I Timóteo 4:8)

Será que você tem feito o tipo certo de exercício?

Nossa cultura estimula a conquistar riquezas; Paulo estimula a uma vida de fé.

Você está buscando viver com Deus, ou está buscando as riquezas?

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

A Graça de Dar

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A Transcendência do Ministro

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

A Transparência do Ministro

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

A Tarefa do Ministro

segunda-feira, 2 de novembro de 2020