Encontro Com a Palavra

Alguém Que Surgiu do Nada (Parte 2)

Pr. Dick Woodward      sábado, 21 de janeiro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Quarenta anos mais tarde, Moisés estava no deserto e viu um arbusto em chamas. Por causa do intenso calor esse era um acontecimento comum no deserto. Normalmente um arbusto era consumido pelo fogo em cerca de cinco segundos. Mas desta vez o arbusto não se consumia e continuava em chamas. Moisés aproximou-se para ver o que estava acontecendo (Êxodo 3:1-3). “Vendo o Senhor que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui! Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus” (Êxodo 3: 4-6).

Nessa passagem, Deus falou a Moisés que o mais importante não era que ele tivesse visto a terrível escravidão de Israel, nem a compaixão ou a vontade de fazer alguma coisa por aquele povo.

Deus disse a Moisés na sarça ardente, que o que realmente importava era que o Deus de Moisés tinha visto o problema, e ia fazer alguma coisa. Assim Deus disse a Moisés que ele deveria ir ao Faraó e exigir a libertação do povo de Israel.

Você consegue imaginar o impacto que essa comunicação causou em Moisés?

Quando Moisés matou um egípcio, Deus lhe mostrou que ele não era ninguém.

Na sarça ardente, Deus convenceu Moisés de que ele era alguém.

Essas foram basicamente as duas lições: Moisés não era ninguém, mas Deus estando com ele, ele era alguém. Deus ensinou Moisés essas duas lições para fazer dele um veículo humano para libertar Israel do Egito.

A maioria das pessoas que tem autoridade esforça-se para selecionar e cercar-se de pessoas que sejam qualificadas para exercer tarefas importantes. Na Bíblia, acontece exatamente o contrário: Deus escolhe a pessoa menos qualificada para exercer tarefas importantes.

Se formos usados por Deus para libertar o povo hoje, havemos de querer ver alguns amigos ou pessoas queridas libertas das cadeias do pecado. Mas é preciso lembrar que não somos os libertadores. Deus é o Libertador.

Uma pessoa humilde entende quem realmente está fazendo a obra e diz: “o plano de Deus é usar o Seu poder no Seu povo para conquistar os Seus propósitos”.

No Livro de Êxodo, Deus é como uma Videira em busca de Seus ramos.

Deus não trabalha sem os Seus instrumentos. Por isso Ele teve de encontrar Moisés. Mas depois que o encontrou, teve de convencê-lo disso: “Moisés, você não é ninguém. Não é você quem vai fazer todas essas coisas. Depois que você entender isso poderá ser alguém que Eu possa usar; alguém através de quem Eu vou trabalhar. Você descobrirá os milagres que eu posso fazer através de alguém que aprendeu que não é ninguém”.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do pastor Edson Bruno. Ouça e descubra verdades que lhes ajudarão no dia a dia.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Padrões da Vida em Cristo

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

A Comunhão da Igreja no Evangelho

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Como ter um casamento saudável segundo a Bíblia?

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Trapos e Roupas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020