Encontro Com a Palavra

Cântico do Perdão

Pr. Dick Woodward      domingo, 12 de março de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Perdão

Alguma vez você já se perguntou: como podemos ter certeza do perdão de nossos pecados, será que eles realmente foram perdoados?

Os estudiosos das doutrinas bíblicas afirmam que essa certeza nos é dada através da Bíblia que garante o perdão para os nossos pecados. Mas existe outra maneira pela qual podemos descobrir que Deus remove nossa culpa.

Existem hoje inúmeras terapias que tratam da culpa. Muitas delas seguem a corrente que diz que não existe culpa porque não existe o certo e o errado.

Dizem que não existe uma moral absoluta, e culpa é coisa de criança, que está sujeita ao conceito de certo e errado ensinado pelos adultos.

Contrariando essa teoria, Davi assumiu a culpa do seu pecado.

Quando nos arrependemos, confessamos e colocamos diante de Deus a nossa confiança, mostramos que entendemos e cremos na Sua solução para nossa culpa. Só assim experimentamos a bênção do perdão, porque aí nossa culpa é removida.

Salmo 51 serve como uma janela que descortina a confissão de Davi e a sua grandeza.

Acompanhe comigo alguns pontos deste Salmo.

Primeiro Davi orou a Deus reconhecendo qual era a fonte do seu pecado: “O meu pecado está sempre diante de mim… nasci na iniqüidade e em pecado me concebeu minha mãe” (Versículo 3 e 5).

Depois Davi fez um pedido: “Cria em mim ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável” (V. 10).

A palavra em hebraico usada para “criar” foi “bara”, que significa “fazer do nada”.

Esta palavra foi usada três vezes em Gênesis, no capitulo um e também é usada no Salmo 51.

Neste salmo Davi está confessando que não existe nada nele para Deus usar. Ele está pedindo a Deus que faça algo do nada; pedindo que Deus coloque algo no seu interior que ele não tinha quando nasceu.

Ele estava pedindo a Deus que operasse o milagre da criação no seu interior. Desta maneira ele poderia glorificar a Deus.

No Novo Testamento, a resposta a essa oração chama-se “novo nascimento”: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo” (João 3:6-7).

Os apóstolos chamavam o novo nascimento de “criação”: “…se alguém está em Cristo, é nova criatura ou criação” (2 Coríntios 5:17).

Deus cria algo novo no homem e na mulher que nasce de novo.

Essa oração profética de Davi aconteceu mil anos antes de Jesus dizer: “Necessário vos é nascer de novo”.

Observe qual era a motivação de Davi para desejar aquela restauração: “Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário. Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti” (Salmo 51:12-13).

Davi amava a Palavra de Deus, amava anunciar, ensinar e cantar a Palavra de Deus.

Ele queria levar outros pecadores de volta ao Autor da Palavra, como já tinha feito tantas vezes no passado.

Observe também a nova perspectiva de Davi no final do seu salmo: “…não te comprazes em sacrifícios; se eu te oferecesse holocaustos, tu não te  deleitarias.” (Versículo 16).

Quando estudamos sobre o tabernáculo no deserto, vimos que o povo levava um animal para a Tenda da Adoração para oferecê-lo como um sacrifício pelos seus pecados. O tipo e o número de animais dependia do grau do pecado, e da situação econômica da pessoa.

Davi sabia que podia levar um rebanho inteiro para ser sacrificado no Tabernáculo, mas ele também sabia que não era isso que Deus queria. Por isso ele disse:

“Não importa o que eu quero, mas o que Deus quer. E o que o Senhor quer é uma revolução no interior do homem. O Senhor quer um coração quebrantado e um espírito contrito”.

O significado da palavra “contrito” é “profundamente arrependido do pecado”.

Davi sabia que era isso que Deus queria e por isso orou pedindo um coração novo; ele pediu uma renovação do seu interior e a criação de algo novo para que ele pudesse glorificar a Deus.

Vou dizer mais uma vez: se você pecou e não sabe como confessar o seu pecado; se você precisa ter sua alma restaurada e não sabe como fazer para que essa restauração aconteça, leia o Salmo 51.

Faça deste salmo sua oração de confissão e arrependimento.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Como estão divididos os livros da Bíblia?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Os Modelos de Ordem Para a Igreja

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

A Cronologia do Retorno de Cristo!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Fatos sobre a volta de Jesus!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021