Encontro Com a Palavra

Como Estudar a Bíblia

Pr. Dick Woodward      quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Quando o assunto é estudar a Bíblia, precisamos ser sábios e cuidadosos. O processo de estudar a Bíblia compõe-se de quatro fases: observação, interpretação, aplicação e correlação.

A observação vem em primeiro lugar. Depois de ler uma passagem bíblica você deve responder a pergunta: “De que esse texto está falando?”.

A seguir vem a fase da interpretação e a pergunta é: “qual o seu significado?”. O próximo passo é a aplicação. Nessa fase a pergunta é: “o que o texto significa para mim?”.

A fase da correlação consiste em descobrir como o texto se relaciona com outros textos bíblicos.

É importante saber do que as Escrituras Sagradas falam e qual o significado do que falam. Se o aprendizado não resultar em mudanças de comportamento, o estudo não terá proporcionado nenhum significado.

Descobrimos o significado individual da passagem, fazendo-se perguntas específicas.

Para começar tente essas pergunta:

  • Existe algum exemplo para eu seguir?
  • Existe alguma advertência ou alerta para o que eu deva estar atento?
  • Existe algum mandamento a que devo obedecer?
  • Existe algum pecado para ser renunciado?
  • Existe alguma verdade sobre Deus ou Jesus Cristo?
  • Existe alguma verdade nova para a minha própria vida?

Quando estudamos a Bíblia devemos observar algumas orientações. Uma delas é: quando você estiver diante de um texto bíblico, lembre-se que existe apenas uma interpretação para ele, mas milhares de aplicações.

Você pode ser levado a fazer uma determinada aplicação, mas dê liberdade ao Espírito Santo para que o mesmo texto seja aplicado de maneiras diferentes na sua própria vida e na de outras pessoas.

Segunda orientação: como a Bíblia é um livro que fala a respeito de Cristo, você deve procurar por Ele em todos os textos bíblicos.

Terceira: quando algum versículo ficar um pouco confuso para você, procure interpretá-lo à luz de outros versículos que tenham um significado mais claro.

Existem alguns versículos em que encontramos mais dificuldades para entender e outros que são mais fáceis. Guie-se pelos mais fáceis para entender os mais difíceis.

Cuidado! Tire de sua mente qualquer idéia preconcebida sobre qualquer texto. Você pode estar cheio de razão numa determinada interpretação, mas também pode estar completamente errado! Como o Espírito Santo vai poder lhe ensinar alguma coisa se você acha que já sabe tudo?

Outra orientação importante, principalmente para quem dá estudos bíblicos, é estar disposto a aplicar o ensino bíblico a si próprio e a obedecer-lhe, antes de se propor a ensiná-lo a alguém.

Lembre-se que Deus fala conosco através da Sua Palavra, por isso, busque a Palavra de Deus em oração, pedindo a Ele revelações através do Espírito Santo.

Mais uma orientação: observe sempre o contexto de qualquer passagem bíblica. Uma palavra fora de contexto pode adquirir um novo significado.

Também pode haver uma interpretação diferente do seu verdadeiro significado, se um versículo for usado fora do seu contexto.

Existe grande probabilidade de que o estudo isolado de um versículo conduza a uma interpretação equivocada.

Tendo estabelecido as bases para o estudo da Palavra de Deus vamos iniciar nossa viagem pelo primeiro livro, o livro de Gênesis.

Minha oração é que você entre na Palavra de Deus e deixe que Ela entre em você.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do pastor Edson Bruno, ouça e descubra verdades que lhe ajudarão no seu dia a dia.

Comentários


Últimos Artigos

Introdução ao Estudo da Bíblia

domingo, 1 de janeiro de 2017

A Bíblia e Sua Organização

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Autoridade e Origem da Bíblia

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Como Estudar a Bíblia

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017