Encontro Com a Palavra

Como Fazer Discípulos?

Pr. Dick Woodward      sábado, 26 de agosto de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Como exatamente fazemos discípulos?

No final do ultimo estudo vimos uma história relatada no capitulo 8 do Livro de Atos que responde a essa pergunta.

A história de um homem chamado Filipe. Ele exercia um padrão espiritual prático e passou para um padrão pastoral tornando-se um evangelista.

Felipe viajou para Samaria e durante essa cruzada o Senhor falou com ele através de um anjo: “Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza". (Atos 8:26)

No caminho Filipe viu uma procissão de carruagens reais que atravessavam o deserto, e o  Espírito Santo o levou a uma carruagem específica.

Quando Filipe se aproximou da carruagem, encontrou o tesoureiro da Etiópia lendo o capítulo 53do Livro de Isaías.

Filipe perguntou ao etíope: “O senhor entende o que está lendo? Ele respondeu: Como posso entender se alguém não me explicar?” (Atos 8:30 e 31)

Filipe subiu na carruagem e foi com ele, explicando que aquela passagem de Isaías anunciava o Evangelho de Jesus Cristo.

Depois que Filipe fez sua abordagem do Evangelho, ele anuncia por fim que a fé em Jesus é confirmada pelo batismo nas águas.

Lemos que o etíope disse: “"Olhe, aqui há água. Que me impede de ser batizado? "
Disse Filipe: "Você pode, se crê de todo o coração". (Atos 8:36,37)

Esse é o grande pré-requisito para o batismo nas águas: “crer de todo coração”.

A igreja se divide quanto ao modo de batismo dos crentes. Mas, o importante a respeito do batismo, não é a forma como ele é ministrado, mas o seu significado.

A Grande Comissão ordenou: “Fazei discípulos ... indo, pregando, batizando e ensinando”. (Mateus 28:19,20)

O batismo é como uma cerimônia de casamento. Quando um homem pede uma mulher em casamento e ela o aceita, acontece um momento sagrado para eles.

Quando eles convidam suas família e amigos para a cerimônia, estão confirmando publicamente o compromisso já firmado entre eles.

Quando uma pessoa, como foi com aquele etíope, crê em Jesus, assume um compromisso particular que é confirmado publicamente através do batismo.

Quando Jesus incluiu o batismo na Grande Comissão, impossibilitou que alguém O siga e professe sua fé em segredo.

Entenda que o batismo não salva ninguém, mas ele é a confissão pública da fé instituída por Jesus Cristo.

A Corrente de Três Elos

Observamos no exemplos de Felipe, que é como se existisse uma corrente de três elos entre Deus e os perdidos.

O primeiro elo é o Espírito Santo; o segundo, a Palavra de Deus e o terceiro é um servo de Deus – aquele que faz discípulos.

Para fazer discípulos, o Espírito Santo deve trabalhar na pessoa que faz discípulos, e através dela, preparando-a, a fim de apresentar o Evangelho de Cristo aos perdidos.

É preciso que o Espírito Santo trabalhe também na pessoa perdida, fazendo com que ela tenha uma fome espiritual, como teve o Etíope.

A Palavra de Deus ou o Evangelho deve estar em posição de servir como ferramenta que Deus vai usar.

Quando a semente da Palavra de Deus é recebida com fé, acontece a concepção espiritual (I Pedro 1:23)

O servo do Senhor, a pessoa que faz discípulos também tem de se posicionar. Ser um servo disposto, disponível e fiel, como foi Filipe; ser o terceiro elo essencial dessa corrente entre Deus e o povo perdido.

É empolgante pensar que Deus escolhe pessoas como você e eu para ser Seus agentes que compartilham as Boas Novas com os que estão perdidos.

Quais são as evidências de que o Espírito Santo está trabalhando na vida das pessoas perdidas que nunca ouviram nem aceitaram o Evangelho?

Com esse exemplo de Felipe, Lucas nos aponta evidências de atividade espiritual muito claras.

Pode ser que não sejam tão óbvias na nossa interação com as pessoas perdidas, mas, se orando buscarmos essas evidências, nós as encontraremos.

Uma boa maneira de iniciar uma conversa para falar do Evangelho, é fazendo a pergunta: “você se interessa pelas coisas espirituais?”.

O pior que pode acontecer é a pessoa responder: “não”.

Se você tiver a fé e a coragem necessária para fazer essa pergunta, perceberá que as pessoas estão interessadas pelo que é espiritual.

As pessoas perdidas precisam de um servo de Deus que suba na carruagem com elas e as ajude a entender o que a Palavra de Deus tem a dizer.

É necessário que você se coloque como o terceiro elo na corrente entre Deus e a pessoa perdida, quando perceber que o Espírito Santo está trabalhando em sua vida e quer levá-lo a compartilhar o Evangelho com essa pessoa.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

A Graça de Dar

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A Transcendência do Ministro

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

A Transparência do Ministro

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

A Tarefa do Ministro

segunda-feira, 2 de novembro de 2020