Encontro Com a Palavra

Criação de Filhos

Pr. Dick Woodward      quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O Livro de Deuteronômio

A palavra “Deuteronômio” significa “repetição da Lei”. Mas esse livro é mais do que isso. É um livro inspirado por Deus a respeito da Lei e também uma aplicação da Lei para a segunda geração do povo escolhido.

No livro de Deuteronômio estão registrados os sermões que Moisés pregou para o povo de Israel antes da travessia do Jordão e invasão de Canaã.

Os primeiros versículos são uma declaração do que trata o livro. “São estas as palavras que Moisés falou a todo o Israel, além do Jordão, no deserto, no Árabá ... Sucedeu que, no ano quadragésimo, no primeiro dia do undécimo mês, falou Moisés aos filhos de Israel, segundo tudo o que o Senhor lhe mandara a respeito deles” (Deuteronômio 1: 1,3).

Como aprendemos no Livro de Números, os filhos de Israel estavam marchando no deserto havia quarenta anos. Eles tinham saído de Gósen, no Egito, passado pelo Monte Sinai e por Cades Barnéia. Como não tinham fé para invadir Canaã, caminharam em círculo pelo deserto, durante trinta e oito anos.

Uma geração inteira tinha perecido no deserto! Mas os filhos dessa geração tiveram fé para entrar em Canaã. Agora eles estavam acampados a leste do Rio Jordão antes de planejarem a travessia, e a invasão da terra. Com exceção de Calebe e Josué, toda a geração que recebeu a Lei pela primeira vez estava morta.

Antes de invadir Canaã, Moisés quis que a segunda geração ouvisse a Palavra que tinha sido dada a seus pais no Monte Sinai. Ele também quis que ela se comprometesse solenemente a ensinar a Lei de Deus a seus filhos.

Às vezes acontece isso com alguns crentes; eles andam em círculos durante anos; mas, no determinado momento decidem conquistar sua Canaã espiritual e experimentar a vida em Cristo para a qual foram chamados e receber o que Deus tem para eles, como aconteceu com os israelitas, no Livro de Deuteronômio.

Se essa for a sua situação, então o Livro de Deuteronômio é para você.

Outro tema importante tratado nesse livro é a Palavra de Deus como realidade na vida do Seu povo. Em um dos seus sermões Moisés desafiou os filhos da primeira geração a passar a Palavra de Deus para os seus filhos.

Os Grandes Sermões de Moisés

Ensinamento de Moisés quanto a criação de filhos

Para alguns teólogos o sermão de Moisés de Deuteronômio 6:4-9 é o mais importante; é considerado como a confissão básica de fé do judaísmo.

Essa é a essência do sermão: “Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor, nosso Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas palavras que hoje te ordeno, estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas” (Deuteronômio 6: 4-9).

O sermão é mais longo, mas essa é a parte principal dele e representa toda a mensagem do Livro de Deuteronômio.

O que Moisés estava realmente dizendo ao povo antes de atravessar o rio Jordão e invadir Canaã, era que Deus os tinha chamado para ser um povo que O amasse com todo o seu ser. E para demonstrar esse amor por Deus, eles deveriam obedecer a Sua Palavra. E para obedecer a Palavra de Deus, eles tinham que conhecê-la.

Deus queria que os filhos daquela geração fossem um povo que O amasse com todo o seu ser. Foi essa a exortação de Moisés: que amassem a Deus com todo o seu ser, e conhecessem a Palavra de Deus e a transmitissem a seus filhos.

Encontro Com A Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...


Últimos Artigos

O Primeiro Programa de Entrevista

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hu-hum ou Naum?

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

A Solução Final de Deus

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

O Profeta Político

segunda-feira, 4 de novembro de 2019