Encontro Com a Palavra

Ensinamentos de Jesus Cristo [Parte 2]

Pr. Dick Woodward      terça-feira, 11 de julho de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Justiça Relativa

Os discípulos também foram instruídos a não fazer juramento nem voto, como os fariseus faziam.

O “sim” de um discípulo de Cristo, deve significar “sim” e um “não”, não.

Além de ser homem da Palavra, o discípulo de Cristo deve ser homem de palavra, homem de integridade (33-37)

A Ética Suprema de Jesus Cristo (38-48)

Jesus encerra as aplicações, apresentando uma ética que se eleva acima de todo Seu ensino ético.

Esses últimos versículos representam o mais alto ensino ético de qualquer religião e foi um fator crucial na morte de alguns apóstolos e de milhões de discípulos em toda a história da Igreja.

Esses versículos também são considerados o ensino mais difícil de Jesus Cristo.

As duas orientações mais difíceis de Jesus referem-se aos nossos inimigos.

Primeira, não devemos resistir àqueles que nos fazem mal e a outra é que devemos amar nossos inimigos.

Lembre-se de que Jesus não deu essas duas instruções no sopé da montanha, para a multidão.

Ele falou disso no topo da montanha, apenas para Seus discípulos, que tinham assumido o compromisso de O seguir e até morrer por Ele (Lucas 9:23-25 e 14:25-35)

Jesus deixou claro a todos que se professaram Seus discípulos que eles deveriam carregar a cruz e segui-lO.

Quando Ele disse: “não resistais ao perverso” e, “amai os vossos inimigos”, estava dizendo que eles poderiam vir a morrer por Sua causa.

Durante a “Guerra Santa”, que aconteceu por volta do ano 1220, Francisco de Assis tratou de um soldado turco que tinha sido ferido.

Um dos guerreiros passou no seu cavalo e viu Francisco de Assis com o soldado turco e disse: “Francisco, se esse turco se recuperar, ele vai matar você”.

Francisco de Assis respondeu: “Então ele precisa conhecer o amor de Deus antes de tentar fazer isso”.

A mensagem central dessa passagem está na questão que Jesus levantou: “Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isto!” (V.46)

O ensino de Jesus Cristo nesse sermão foi: “como discípulo, você tem de ser diferente”.

Esse versículo já foi assim traduzido: Se você amar somente aqueles que amam você, onde está a graça?

“Você precisa de graça no coração para amar aqueles que amam você”.

A Igreja do Novo Testamento era movida pela graça que tinha recebido no dia do Pentecostes (Atos 2)

Essa graça deu ao povo do Novo Testamento a capacidade de ser diferente.

Devemos orar pedindo a graça de Deus para aplicar essa ética suprema de Jesus no relacionamento com nossos inimigos.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

O Evangelho Absoluto

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

A Graça de Dar

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A Transcendência do Ministro

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

A Transparência do Ministro

segunda-feira, 9 de novembro de 2020