Encontro Com a Palavra

Entendendo os Profetas

Pr. Dick Woodward      domingo, 30 de abril de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Nosso estudo já nos trouxe ao Livro de Isaías, e hoje vamos recapitular alguns princípios que nos ajudarão a entender os profetas de modo geral, e em particular o profeta Isaías.

A repetição é a essência do ensino. Se você não repetir não conseguirá ensinar.

Há duas partes do Velho Testamento que representa sua essência: A Lei e os Profetas. A Lei refere se aos cinco primeiros Livros do Velho Testamento, e os Profetas são os Livros que começamos a estudar.

Os Livros Proféticos começam com o Livro de Isaías e terminam com o Livro de Malaquias.

Quando o Novo Testamento se referes a divisão profética do Velho Testamento, não se refere a todos os profetas, mas, sim aos profetas que escreveram os Livros Proféticos.

Jesus contou uma historia no capitulo 16 do Evangelho de Lucas sobre Lazaro e o homem rico. Quando este homem rico descobriu que estava no inferno e não havia nada que ele pudesse fazer, ele clamou:

“...manda Lázaro ir à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos. Deixa que ele os avise, a fim de que eles não venham também para este lugar de tormento.
"Abraão respondeu: ‘Eles têm Moisés e os Profetas; que os ouçam’." ‘Não, pai Abraão’, disse ele, ‘mas se alguém dentre os mortos fosse até eles, eles se arrependeriam’. "Abraão respondeu: ‘Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão convencer, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos’ " (Lucas 16:27-31).

Essa citação que Jesus fez do Belho Testamento no mostra que os profetas são sobrenaturais. Os Livros Proféticos são repletos de ensinamentos e profecias sobrenaturais que se cumpriram literalmente.

Algumas destas profecias foram feitas centenas de anos antes do cumprimento, e foram cumpridas plenamente. Isso é tão sobrenatural quanto a ressurreição.

Jesus está dizendo no texto de Lucas que, ou você acredita no sobrenatural ou não acredita. Se você não acredita nos profetas, não iria acreditar em alguém que ressurgiu dos mortos.

A função do profeta é mostrar o problema que está bloqueando a obra de Deus. Quando havia algum obstáculo bloqueando a obra de Deus, surgia um profeta para anunciar o problema “o obstáculo” até que este fosse removido.

Todos os profetas que escreveram os Livros Proféticos pregaram e morreram num período especifico na historia dos hebreus entre 800 AC. à 400 AC. Este foi um período problemático na historia do povo de Deus.

Os exércitos assírios conquistaram o reino do norte e levaram cativos o cativo, a invasão babilônica resultou na conquista e no cativeiro do reino do sul, estes eram os grandes problema do povo de Deus.

Deus sempre alertou Seu povo através dos profetas que traria julgamento contra os pecados do Seu povo.

O primeiro profeta neste estudo da literatura profética analisado por nós é o profeta maior Isaías. Maior porque o seu Livro é o mais extenso de todos e também porque ele foi o profeta dos profetas.

Isaías iniciou seu ministério no final do período em que o rei Ozias reinava, este reinado durou cerca de 52 anos.

Foi quando o rei Ozias morreu que Isaías teve sua experiência espiritual na qual recebeu seu chamado para ser profeta.

Outros reis que reinaram durante o ministério de Isaías foram: o rei Jotão filho de Ozias, o rei Acaz que não era um bom rei, rei Ezequias e o terrível rei Manasses.

O Livro de Isaías é divido em duas partes, os primeiros trinta e cinco capítulos são sermões sobre o julgamento de Deus que viria sobre Judá e o reino do norte com a invasão dos assírios. Os capítulos trinta e seis à trinta nove relata essa invasão.

Os capítulos quarenta à sessenta e seis é semelhante ao Novo Testamento, e também é coração do Livro, ela focaliza a cruz de Jesus Cristo.

Esta parte do Livro de Isaías ainda é subdivida e outras duas partes, dos capítulos quarenta à quarenta e oito mostra as propícias sobre Ciro o grande.

Isaías falou sobre este imperador cento e cinqüenta anos antes que ele existisse, o chamou pelo nome e disse que Deus o escolheria para promover o retorno do reino do sul do cativeiro babilônico.

Essa profecia foi cumprida ao pé da letra, e é um incrível exemplo do ministério profético de Isaías.

A segunda parte do Livro de Isaías focaliza a primeira e a segunda vinda de Jesus, os dois adventos  de Jesus.

O Manifesto Nazareno

Quando Jesus deu início o seu ministério público de três anos, anunciou-o com um manifesto, que os estudiosos chamam de “O Manifesto Nazareno”.

Jesus foi para a sinagoga de sua cidade natal e pediu o livro do profeta Isaías. Ele abriu o livro e leu:

"O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor". (Lucas 4:18).

Jesus estava anunciando o Seu Manifesto para os próximos três anos do Seu ministério que estava começando naquele dia.

Jesus estava dizendo: “o Espírito de Deus está sobre Mim. Ele me ungiu para pregar aos pobres”.

Quando Ele menciona os pobres, está se referindo àqueles que eram cegos. Uma cegueira que os impedia de distinguir a mão direita da esquerda.

Eles também eram pobres porque estavam presos. E eles eram pobres porque estavam quebrantados e feridos.

Basicamente, o que Jesus ensinou naquele dia na sinagoga, em sua cidade natal, foi: “o Meu ministério é para os cegos, os cativos, os feridos e quebrantados. Quando Eu anunciar o Meu Evangelho, o cego verá, o cativo será livre, os feridos e quebrantados serão curados”.

O Manifesto Nazareno é a estrutura básica na qual se encaixa o ministério de Jesus Cristo visto através de qualquer um dos quatro Evangelhos.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Como estão divididos os livros da Bíblia?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Os Modelos de Ordem Para a Igreja

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

A Cronologia do Retorno de Cristo!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Fatos sobre a volta de Jesus!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021