Encontro Com a Palavra

Lições Específicas de Esdras

Pr. Dick Woodward      quarta-feira, 22 de março de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Apesar de semelhantes, os livros de Neemias e Esdras possuem características muito distintas. Agora vamos estudar e entender melhor o Livro de Esdras.

Para isso vamos nos concentrar na pessoa “Esdras”, que pode ser comparado a grandes homens de Deus como Moisés, Samuel e Davi.

Esdras exerceu um papel muito importante no avivamento do interesse pela Palavra de Deus.

No versículo 10 do capitulo sete do Livro de Esdras lemos o seguinte: Pois Esdras tinha decidido dedicar-se a estudar a Lei do Senhor e a praticá-la, e a ensinar os seus decretos e mandamentos aos israelitas.

Este versículo divide a vida de Esdras em três períodos em que o primeiro foi uma preparação para as duas fases seguintes; ele dedicou seu coração a aprender e conhecer a Palavra de Deus e a estudá-la diligentemente.

No segundo período ele se dedicou a viver e a aplicar a Palavra de Deus, e no terceiro período de sua vida, Esdras se dedicou totalmente a ensinar a Palavra de Deus ao povo e a conduzi-lo nos caminhos do Senhor.

Os professores mais eficientes que conhecemos são aqueles que vivem o que ensinam e não são apenas teóricos. O que mais vemos hoje em dia são pessoas que ensinam uma coisa e vivem outra. Ensinam apenas a teoria e não passam suas próprias experiências.

No segundo período da sua vida Esdras praticou o que tinha aprendido no primeiro período e isso tornou muito mais produtivo o terceiro período, o do ensino.

A contribuição de Esdras para a obra de Deus o incluiu na mesma classificação de homens como Davi, Samuel e Moisés.

Como já mencionamos antes, é atribuída a Esdras a autoria dos Livros de Crônicas, Esdras e Neemias e também a do maior capítulo da Bíblia, o Salmo 119, que, com 176 versículos, é mais extenso do que alguns livros da Bíblia.

Com exceção de apenas dois versículos deste Salmo, todos os outros falam sobre a Palavra de Deus. Isso mostra como Esdras era dedicado à Palavra de Deus.

Os teólogos acreditam que Esdras esteve no cativeiro e por isso não exerceu o seu sacerdócio no templo.

Ele criou as sinagogas que conhecemos hoje, e que corresponde à nossa Escola Dominical.

Acredita-se que Esdras tenha exercido um papel muito importante na organização do Velho Testamento, na forma que conhecemos hoje.

Ele também liderou o segundo retorno do cativeiro babilônico e foi quem implementou o ministério de ensino no templo após sua restauração e levou do cativeiro babilônico para Jerusalém, um grupo de sacerdotes e escribas que ensinaram a Palavra de Deus.

Princípios e Padrões Para a Execução da Obra de Deus

O Livro de Esdras traz ensinos referentes à obra de Deus que se tornaram padrões a serem seguidos:

1º Princípio: Deus é a força motriz da Sua obra (Romanos 11:36). Deus é a Fonte e o Poder para execução da Sua obra; a glória de Deus é o objetivo dessa obra.

Baseado nos primeiros versículos do livro de Esdras pode-se afirmar que foi assim que ele priorizou a obra de Deus na sua vida.

2º Princípio: Deus quer executar Sua obra através de pessoas, por isso Ele dá orientações precisas aos seus servos para cumpri-la.

3º Princípio: Deus, que é a Força Motriz da Sua obra e que dá orientações precisas para que ela seja executada, provê tudo que é necessário para que esta obra seja realizada.

Este é um princípio muito importante e confirmado várias vezes nas Escrituras. Em Mateus 6:33, Jesus disse aos Seus discípulos: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

Quando sabemos o que Deus quer que façamos e o fazemos, Ele nos provê de tudo o que precisamos para executar Sua obra.

4º Princípio: quando Deus quer cumprir Sua obra através de nós Ele nos dá muito além daquilo que pedimos ou pensamos (Efésios 3:20).

Quando o povo voltou do cativeiro a fim de reconstruir o Templo, tinha mais do que precisava para executar aquela obra.

5º Princípio: quando nos dispomos a fazer a obra de Deus, o poder do mal neste mundo se levanta contra nós.

Quando estamos trabalhando na obra de Deus, Satanás combate contra o “melhor” de Deus em prol daquilo que parece apenas “bom”.

O Inimigo tenta nos distrair com a idéia de que se executarmos o que é apenas “bom” será satisfatório e assim tenta evitar que dediquemos nosso melhor para Deus.

Falaremos mais sobre esse princípio no próximo capítulo.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Como estão divididos os livros da Bíblia?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Os Modelos de Ordem Para a Igreja

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

A Cronologia do Retorno de Cristo!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Fatos sobre a volta de Jesus!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021