Encontro Com a Palavra

Liderança da Igreja [1ª Timóteo]

Pr. Dick Woodward      sábado, 28 de outubro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

As cartas de I Timóteo e de Tito deveriam servir como um manual para todas as igrejas.

Paulo tratou de alguns assuntos bem práticos nessas duas cartas, e de princípios que transcendem a cultura da época e devem ser aplicados em todas as igrejas de todas as épocas.

Em uma das passagens Paulo desperta a antipatia de muitas mulheres: “Da mesma forma quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, não se adornando com tranças, nem ouro, nem pérolas, nem roupas caras,
mas com boas obras, como convém a mulheres que professam adorar a Deus.

A mulher deve aprender em silêncio, com toda a sujeição.
Não permito que a mulher ensine, nem que tenha autoridade sobre o homem. Esteja, porém, em silêncio.” (I Timóteo 2:9-12)

Paulo não estava dizendo que as mulheres não podem ministrar; ele estava ensinando que Cristo é o cabeça do homem, e o homem o cabeça da mulher.

Isso quer dizer que, assim como Cristo cuida e pastoreia a igreja, o homem dever cuidar e pastorear sua mulher e sua família, e também a igreja local.

A Bíblia é clara ao responsabilizar o homem pela liderança do lar e da igreja.

As Escrituras pregam a igualdade absoluta entre o homem e a mulher diante dos olhos de Deus, mas não ensina nada sobre a igualdade de papéis e responsabilidade para o homem e a mulher.

A Bíblia afirma que Deus criou “homem e mulher” e designou papéis, funções e responsabilidades distintas para cada um.

Na minha opinião, a mulher pode exercer qualquer ministério na igreja, desde que esteja sujeita à sua liderança.

Por isso não vejo razão porque uma mulher não possa ser a pastora de uma igreja, desde que a autoridade máxima dessa igreja seja um homem, também sujeito ao corpo de liderança da igreja.

Isso nos leva a outro assunto muito importante nessas cartas pastorais.

Na carta de I Timóteo encontramos instruções bem específicas sobre as qualificações, papéis e responsabilidades dos oficiais da igreja.

O oficial da igreja, que em algumas denominações é chamado de presbítero e em outras de ancião ou bispo, tem a função de governar, orientar e pastorear o rebanho de Deus.

Os diáconos têm a responsabilidade do serviço. Eles podem servir em ministérios espirituais ou estritamente práticos, mas não pesa sobre eles a responsabilidade de governar.

Esses dois tipos de líderes aparecem pela primeira vez na Bíblia no capítulo seis de Atos e também nas cartas de I Timóteo e Tito, onde encontramos expressas as qualificações para esses oficiais da igreja.

Uma das razões da inoperância da igreja nos dias atuais, é porque esses padrões não estão sendo observados.

Uma das maneiras mais eficientes da igreja proclamar o Evangelho é através das vidas de seus líderes e membros.

Se você é um oficial da igreja, atente com temor e oração para os padrões de liderança estabelecidos por Paulo nessas cartas, e depois peça a Deus que lhe dê graça para segui-los.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Últimos Artigos

Os Padrões de Paulo

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

A Pregação de Paulo

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Os Padrões do Pentecoste Plantam a Igreja

segunda-feira, 27 de julho de 2020

O Pentecoste Pessoal de Paulo

segunda-feira, 20 de julho de 2020