Encontro Com a Palavra

Livro de Jonas – (Parte 2)

Pr. Dick Woodward      segunda-feira, 29 de maio de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O Livro de Jonas nos mostra que quando ele recebeu o chamado, tentou se esconder de Deus e embarcou num navio.

Ele foi parar no porão desse navio, e caiu em sono profundo (Jonas 1:5)

A Bíblia diz que Deus enviou uma forte tempestade que quase afundou o navio.

Enquanto os marinheiros, aterrorizados, oravam a seus deuses, Jonas, dormindo, tentava fugir dos seus problemas.

Ele tentava fugir de Nínive, de Deus e de seus problemas.

Quando Jonas foi interpelado pelo capitão do navio por estar dormindo no meio da tempestade, reconheceu que o seu Deus, o Deus que fez o mar, esse Deus estava bravo com ele.

Deus havia enviado aquela tempestade por causa da desobediência de Jonas; por causa da sua recusa de ir a Nínive (V.9-10)

Jonas fez saber ao capitão do navio o motivo da tempestade, e que a única maneira de acalmar a ira do seu Deus, seria jogando-o ao mar, o que os marinheiros fizeram, mesmo relutantes (V.15)

Imediatamente após Jonas ser jogado para fora do navio, o mar enfurecido se acalmou.

Quando os marinheiros pagãos viram isso, temeram a Deus.

Mesmo em tal circunstância, Jonas fugindo de Deus e da vontade divina para sua vida, ele foi usado por Deus para trazer fé àqueles marinheiros.

É o que diz a Palavra de Deus: “Ao verem isso, os homens adoraram ao Senhor com temor, oferecendo-lhe sacrifício e fazendo-lhe votos.” (Jonas 1:16)

Também lemos que Deus preparou um grande peixe que engoliu Jonas, e esse profeta ficou durante três dias dentro da barriga do peixe.

O livro de Jonas não registra que esse grande peixe tenha sido uma baleia.

Esse grande peixe foi preparado sobrenaturalmente por Deus para engolir o profeta rebelde.

Jonas vai até Deus (Capítulo 2)

Um ensino importante que podemos tirar do Livro de Jonas é que Deus não nos força a fazer coisa alguma,

Ele permite que exerçamos nossa vontade diante de decisões que se apresentam a nós.

Ele pode até fazer uma “pressãozinha” através de circunstâncias do peso de um elefante, até que reconheçamos que a única coisa sensata a fazer é obedecer à Sua vontade.

O título do primeiro capítulo de Jonas poderia ser: “Eu não vou!”; e do segundo capítulo: “Eu vou!”.

Foram necessários três dias dentro da barriga de um peixe para que Jonas se arrependesse de fugir ao chamado de Deus.

Arrepender-se significa “pensar outra vez” ou “mudar de idéia, mudar a vontade do coração, mudar de direção”.

Lemos no capítulo 2 que, dentro da barriga do peixe, Jonas se arrependeu sinceramente.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

A Graça de Dar

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A Transcendência do Ministro

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

A Transparência do Ministro

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

A Tarefa do Ministro

segunda-feira, 2 de novembro de 2020