Encontro Com a Palavra

Modelo de Casamento Segundo a Bíblia

Pr. Dick Woodward      quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O melhor conselho matrimonial da Bíblia encontra-se no terceiro capítulo da Primeira Carta de Pedro.

Pedro e Paulo são unânimes em afirmar a homens e mulheres que Cristo e a Igreja formam um modelo de casamento. A igreja é o modelo da mulher e Cristo o modelo do homem.

Pedro dirige este ensino às mulheres cujos maridos não obedecem à Palavra.

Ou seja, a uma mulher casada com um incrédulo que desobedece à Palavra ou com um crente desobediente à Palavra.

Pedro e Paulo aconselham a mulher a ser submissa ao seu marido como a igreja é submissa a Cristo.

Não é fácil ser submissa, mas não é esse o grande problema dos casamentos cristãos. O maior problema é que os homens não assumem sua responsabilidade de ser pastores de suas mulheres e filhos, da forma como Cristo pastoreia a igreja.

Pedro também aconselha a mulher a ganhar seu marido sem palavra.

A mulher, cujo marido não obedece a Palavra, ou não assume sua posição dentro do casamento, deve, mesmo assim, ser espiritual, submissa, mansa, tranqüila e silenciosa.

Concentre-se na palavra “submissão” enquanto estudamos o modelo para casamento apresentado por Pedro.

No final do capítulo 2 Pedro se refere a Jesus Cristo como o Servo Sofredor que morreu na cruz e que foi profeticamente anunciado no capitulo 53 de Isaías.

Nas últimas palavras do capítulo 2 dessa primeira carta, Pedro se refere a Jesus como o “Pastor e Bispo da vossa alma”.

A seguir ele aponta Jesus Cristo como o pastor da igreja e inicia o seu conselho para as mulheres dizendo: “sujeitem-se a seus maridos...” (3:1)

Ele está dizendo que a mulher deve ser submissa ao marido como a igreja é submissa a Cristo.

Nesse contexto, a palavra “submissão” quer dizer “deixar seu marido pastorear você”.

Você que é esposa, Deus deu ao seu marido uma grande responsabilidade. Ele recebeu a ordem de pastorear você da mesma maneira que Cristo pastoreia a igreja.

Isto quer dizer que seu marido deve lhe amar como Cristo ama a igreja; ele deve ter uma atitude de entrega como Cristo se entregou pela igreja; ele deve ser como Cristo.

Paulo também dá o mesmo conselho matrimonial na sua carta aos efésios. (Efésios 5:22-25)

Num exército existe apenas um comandante oficial; não existem dois.

Ele pode até delegar autoridade para outras pessoas, mas, jamais delegará a responsabilidade de todo o comando a alguém.

Se alguma coisa não der certo, ele será o único responsável.

Pedro, Paulo e toda a Bíblia ensinam que Deus delega ao marido, responsabilidades referentes ao casamento e ao lar, ao ordenar que o homem pastoreie sua esposa como Cristo pastoreia a igreja.

Ao mesmo tempo Deus ordena que a mulher deixe que seu marido exerça sua responsabilidade por ela e por seus filhos.

Por isso não pode haver dois comandantes oficiais, apenas um tem a responsabilidade e Deus determinou o homem como responsável.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

A Graça de Dar

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

A Transcendência do Ministro

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

A Transparência do Ministro

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

A Tarefa do Ministro

segunda-feira, 2 de novembro de 2020