Encontro Com a Palavra

Mordomia Fiel

Pr. Dick Woodward      domingo, 1 de outubro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

No ultimo programa iniciamos o estudo dos capitulos oito e nove de II Coríntios.

Apresentaremos agora um breve resumo dos padrões de mordomia da Igreja de Filipos que Paulo transformou em exemplo nesta Carta aos Coríntios.

Vejamos o que Paulo afirmou a respeito dos filipenses: “... entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus.” (II Coríntios 8:5)

Paulo não aceitaria nenhuma oferta sem antes saber que os ofertantes satisfaziam alguns pré-requisitos.

Eles precisavam ter entregado suas vidas a Deus antes de darem qualquer parte deles mesmos aos homens.

Os filipenses só se entregaram a Paulo depois que Deus lhes confirmou que era isso que Ele queria que fizessem.

Além disso, os filipenses abriram mão da sua própria vontade, insistindo que tivessem o privilégio de participar daquele ministério em favor dos judeus cristãos que estavam sendo perseguidos.

Esse é outro aspecto importante quando contribuímos.

Conforme escreveu no capítulo nove, Paulo nunca coagiu nem manipulou alguém para que participasse das suas ofertas, porque ele preferia que essa atitude partisse do coração.

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria.” (II Coríntios 9:7)

O Que Envolve Ser Bom Mordomo e Despenseiro

Paulo disse que os filipenses contribuíram com generosidade: “Pois dou testemunho de que eles deram tudo quanto podiam, e até além do que podiam. Por iniciativa própria” (II Coríntios 8:3)

Sabemos que eles não eram ricos, pois o próprio Paulo afirmara que eles estavam em “profunda pobreza”.

Quando alguém contribui com generosidade, logo concluímos que essa pessoa é rica, como se fosse mais fácil para um rico contribuir com abundância.

Mas esse não foi o caso dos filipenses; eles contribuíram além de suas posses, em tempos de profunda pobreza e grande tribulação.

Como é que um cristão pode dar além de suas posses?

Deixando que a graça de Deus aumente sua oferta.

Quando decidimos com quanto podemos contribuir para o trabalho do Senhor e depois pedimos a Deus que acrescente Sua graça àquela oferta, testemunhamos o trabalho de Deus através da nossa fé.

Pela Sua graça Ele multiplica o que Lhe ofertamos em fé.

Os filipenses, em sua profunda pobreza, ofertaram com simplicidade e viram a graça de Deus multiplicar aquela oferta que foi feita além de suas posses.

Foi isso o que Paulo quis dizer quando escreveu: “Agora, irmãos, queremos que vocês tomem conhecimento da graça que Deus concedeu às igrejas da Macedônia.” (v.1)

A palavra grega para “graça” é “charis” ou “charisma”, que significa o poder e as bênçãos de Deus sobre a vida da pessoa.

É a graça de Deus que nos possibilita dar além das nossas capacidades.

É isso o que significa “graça de contribuir”.

A Igualdade na Mordomia

Quando Paulo convidou os coríntios para contribuir com amor para os judeus cristãos de Jerusalém e da Judéia, ele escreveu: Nosso desejo não é que outros sejam aliviados enquanto vocês são sobrecarregados, mas que haja igualdade.

 No presente momento, a fartura de vocês suprirá a necessidade deles, para que, por sua vez, a fartura deles supra a necessidade de vocês.

Então haverá igualdade, como está escrito: "Quem tinha recolhido muito não teve demais, e não faltou a quem tinha recolhido pouco”. (8:13–15)

O ato de contribuir deve ser proporcional ao que o crente tem, não ao que ele não tem.

Deus pode usar uma oferta proporcionalmente ao sacrifício com o qual ela foi feita.

Quando damos o que temos com fé, mesmo que seja difícil e não tenhamos muito para dar, Deus multiplica esta oferta de maneira misteriosa para que ela tenha o mesmo valor daquela oferta que envolveu o pouco sacrifício do homem rico.

O fruto da oferta não depende do quanto foi dado, mas do sacrifício e da fé nela aplicados.

Foi exatamente isso o que Jesus disse em relação à viúva pobre que deu uma oferta tão pequena, mas que na verdade era mais do que outros estavam dando, porque ela contribuiu com tudo o que tinha para o seu sustento. (Lucas 21:1-4)

  • E você?
  • Reconhece que tudo o que possui pertence a Deus e que Ele quer que você exerça uma mordomia fiel sobre tudo o que Ele lhe tem dado?
  • Você tem contribuído com alegria para a obra de Deus?
  • Sua contribuição envolve sacrifício?

Seja fiel com o que você tem e Deus usará isso para abençoar o Seu reino. Isso é promessa d’Ele.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Últimos Artigos

Os Padrões de Paulo

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

A Pregação de Paulo

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Os Padrões do Pentecoste Plantam a Igreja

segunda-feira, 27 de julho de 2020

O Pentecoste Pessoal de Paulo

segunda-feira, 20 de julho de 2020