Encontro Com a Palavra

O Soldado o Atleta e o Lavrador

Pr. Dick Woodward      sábado, 4 de novembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

No capítulo 2, versículos 4 a 7, Paulo usa a ilustração do soldado, do atleta e do lavrador para retratar nosso relacionamento com Cristo.

A ilustração do soldado: quando um homem sai para a guerra, ele deixa de se preocupar com os seus negócios e afazeres dos tempos de paz e se dedica totalmente à conquista da guerra.

Da mesma forma, Paulo encoraja Timóteo a ser totalmente comprometido na batalha por Jesus Cristo.

Quando Paulo fala do atleta ele diz que o atleta só recebe a coroa de vitória se obedecer as regras estabelecidas. (2:5)

Assim deve ser o cristão, obediente às regras da vida em Cristo. Uma delas é sofrer por Jesus Cristo, tomar a cruz e segui-lO.

Ao escrever sobre o lavrador, Paulo enfatiza que este tem duas tarefas: a semeadura e a colheita. “O lavrador que trabalha arduamente deve ser o primeiro a participar dos frutos da colheita.” (v.6)

Paulo estava dizendo que Timóteo deveria trabalhar duro como lavrador até a época da colheita, para que esta fosse frutífera.

Paulo tinha certeza da presença de Cristo com ele diante do sofrimento.

Mesmo quando estamos fracos e sem fé, Deus se mantém fiel e nos ajuda, porque Ele não pode negar-Se a Si mesmo, e porque Ele é fiel.

A verdade de Deus se mantém firme como uma rocha inabalável:

“...se somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo... o firme fundamento de Deus permanece inabalável e selado com esta inscrição: "O Senhor conhece quem lhe pertence” (2:13 e 19)

Conforme visto no programa anterior procure se lembrar da situação agonizante de Paulo ao escrever estas palavras de consolo.

Paulo afirma que é possível estar mental, emocional, físicamente e até espiritualmente fraco e doente e, ainda assim, ter forças para crer e orar.

Como será que você ficaria se passasse por tudo que Paulo passou?

  • Perdido?
  • Não!

Esta passagem afirma que mesmo que estejamos fracos demais para orar e crer, Deus jamais nos negará.

Mesmo quando não conseguimos ter fé, Deus se mantém fiel a nós.

Paulo ainda usa a ilustração de vasos, ou utensílios numa casa, com o fim de ensinar sobre o propósito da vida. (2:20-21)

Naquela época as pessoas tinham todo o tipo de vasos em casa que se prestavam para vários propósitos e alguns até se destinavam a algum propósito que não era tão honroso assim.

Imaginem que naquele tempo não existia encanamento nas casas!

Paulo afirma que o mesmo acontece quando seguimos a Cristo.

Tanto podemos ser vaso usado para propósitos desonrosos, como podemos dar as costas para os desejos turbulentos da juventude e nos dedicarmos à fé, ao amor e à paz.

Aí então, passamos a ser vaso limpo, destinado a propósitos honrosos, e apropriado para servir ao Mestre.

versículo 15 é uma das recomendações mais conhecidas de Paulo: “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar, que maneja corretamente a palavra da verdade.

Paulo disse para Timóteo que ele deveria ser disciplinado no estudo da Palavra de Deus para um dia ser aprovado por Deus.

Por isso procure sempre fazer a seguinte pergunta a você mesmo: será que tenho me dedicado a aprender a Palavra de Deus?

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...


Últimos Artigos

O Primeiro Programa de Entrevista

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hu-hum ou Naum?

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

A Solução Final de Deus

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

O Profeta Político

segunda-feira, 4 de novembro de 2019