Encontro Com a Palavra

O Último Retiro Cristão

Pr. Dick Woodward      terça-feira, 15 de agosto de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Quase metade dos capítulos do Evangelho de João refere-se aos primeiros trinta e três anos de vida de Cristo, enquanto a outra metade refere-se à Sua última semana de vida.

Por todo o Evangelho encontramos a frase “ainda não é chegada a minha hora”.

No capítulo doze temos essa oração de Jesus: “Agora meu coração está perturbado, e o que direi?

Pai, salva-me desta hora? Não; eu vim exatamente para isto, para esta hora.
Pai, glorifica o teu nome!

Então veio uma voz do céu: "Eu já o glorifiquei e o glorificarei novamente". (V.27,28)

Então Jesus se retirou para a Ceia com os doze apóstolos, quando aconteceu o que eu gosto de chamar de "O Último Retiro Cristão".

Jesus começou o seu ministério com "O Primeiro Retiro Cristão" quando ensinou o Sermão do Monte e recrutou os apóstolos.

Durante três anos ensinou-os e treinou-os e agora, durante esse último retiro cristão, aconteceria a "formatura" daqueles três anos de seminário.

Foi nesse cenário que Jesus pronunciou o Seu sermão mais longo chamado “O Sermão da Santa Ceia”, registrado nos capítulos 13 a 16 deste Evangelho.

Alguns estudiosos consideram como parte desse sermão, também o capítulo 17, onde Jesus fez a oração pelos apóstolos e por aqueles que viriam a crer nEle, isto é, por você e por mim.

Na verdade este sermão foi um diálogo entre Jesus e os apóstolos. Foi a resposta de Jesus às perguntas que eles lhe tinham feito.

No capitulo 13 lemos que Jesus iniciou sua pregação com um ato simbólico, lavando os pés dos discípulos.

Lucas conta que a caminho da Última Ceia, os apóstolos discutiram sobre quem seria o maior no Reino de Jesus. (Lucas 22:24-30)

O fato de Jesus, o Mestre e Senhor, lhes ter lavado os pés numa atitude humilde e subserviente deve ter-lhes causado um forte impacto.

Quando Jesus acabou de lhes lavar os pés, perguntou: “Vocês entendem o que lhes fiz?”. (João 13:12)

Esta pergunta foi respondida já no inicio do capitulo onde lemos: “tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.” (13:1)

Jesus fez a seguinte aplicação: “Eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz.” (13:15)

Mais tarde Jesus realmente respondeu a essa questão e fez outra aplicação: “Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros.

Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos”. (V.34,35)

Ele tinha amado aqueles homens durante três anos de uma maneira que eles nunca tinham sido amados antes.

Estavam todos reunidos naquela Ceia porque Ele os tinha amado e eles estavam dando o melhor deles para retribuir aquele amor.

Todos eles tinham se comprometido com Cristo naquela última reunião antes da Sua morte.

Eles assumiram um novo compromisso; compromisso um com o outro, que deu origem a uma nova comunidade que veio a se tornar a Igreja de Cristo.

Jesus queria que essa nova comunidade fosse feita de pessoas que amavam umas às outras, que fosse uma colônia do amor.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...


Últimos Artigos

Limpe Tudo Antes e Depois!

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

O Primeiro Programa de Entrevista

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hu-hum ou Naum?

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

A Solução Final de Deus

quarta-feira, 6 de novembro de 2019