Encontro Com a Palavra

Oposição A Obra de Deus

Pr. Dick Woodward      sexta-feira, 24 de março de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Vamos refletir um pouco sobre o 5º Princípio que vimos em um dos  episódios anteriores. Quando nos dispomos a fazer a obra de Deus, o poder do mal que há neste mundo se levanta contra nós.

Precisamos estudar as estratégias de Satanás com cuidado para entender o que Esdras e os judeus que voltaram do cativeiro tiveram de enfrentar.

O apóstolo Paulo nos exorta a fazer isso (II Corintios 2:1110:3-5 e 11:13-15).

Satanás é enganador. Ele sabe que o pior inimigo do “melhor” é o “bom” e por isso ele não quer que experimentemos o melhor de Deus.

Satanás é muito esperto e sabe que não vai nos distrair e nos impedir de fazer o que é o “melhor” de Deus, sugerindo que roubemos um banco.

A estratégia de Satanás é apresentar algo que seja “bom” e que desvie nossa atenção do “melhor” de Deus.

Se você vive numa bela casa e o melhor de Deus para você é ser médico missionário entre povos que não tem assistência médica, Satanás vai sugerir que você seja um bom médico cristão aí mesmo onde você está, no seu cantinho confortável.

Isso não é ruim, é bom, mas não é o melhor de Deus para sua vida.

O 6º Princípio está relacionado com o princípio anterior: sempre encontraremos oposição ao tentar fazer a obra de Deus.

Quando nos dispomos a fazê-la e surgem obstáculos, por não estarmos esperando nenhuma oposição, facilmente passamos a duvidar da direção de Deus e do que Ele realmente quer para nós. Isso é um erro!

Deus trabalha através dos homens, mas Satanás também trabalha.

Como Satanás se opõe a tudo o que Jesus está fazendo, devemos estar preparados para enfrentar obstáculos quando estivermos sendo usados por Jesus Cristo.

As pessoas muitas vezes não percebem que estão sendo embaixadoras de Satanás (Marcos 8:27-33).

O Livro de Esdras ensina que a oposição vem de todos os lados.

Oposição Externa e Interna

Existe a oposição externa, das pessoas do mundo que não querem que executemos a obra de Deus.

Quando os exilados voltaram para Jerusalém para reconstruir o templo, os então moradores de Jerusalém tentaram desencorajá-los e assustá-los.

Eles mandaram mensagens para o Rei Artaxerxes contando várias mentiras e por causa disso o povo teve de interromper a obra de reconstrução (Esdras 4).

O Livro de Neemias também conta que quando eles estavam construindo o muro, com uma mão trabalhavam e com a outra seguravam armas para se protegerem dos opositores (Neemias 4:17).

De certa forma, é mais fácil lidar com a oposição externa porque ela é óbvia, está lá fora, fácil de ser percebida e combatida.

O segundo tipo de oposição é a oposição interna. Ela está no nosso meio.

Quando os exilados voltaram para reformar o templo, os povos pagãos que estavam vivendo em Jerusalém e na Judéia procuraram Zerobabel e Jesua e disseram:

“Deixai-nos edificar convosco, porque, como vós, buscaremos a vosso Deus; como também já lhe sacrificamos desde os dias de Esar-Hadom, rei da Assíria, que nos fez subir para aqui” (Esdras 4:2).

A isso, Zorobabel e Jesua responderam: “Nada tendes conosco na edificação da casa a nosso Deus; nós mesmos a edificaremos” (Esdras 4:3).

Zorobabel e Jesua estabeleceram um princípio referente à obra de Deus: ela tem de ser feita pelo povo de Deus.

“O plano de Deus é usar o poder de Deus, no povo de Deus para cumprir os propósitos de Deus de acordo com o plano de Deus.”

A obra de Deus deve ser feita pelo povo de Deus. Os incrédulos não devem tomar parte nela.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...


Últimos Artigos

O Primeiro Programa de Entrevista

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Hu-hum ou Naum?

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

A Solução Final de Deus

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

O Profeta Político

segunda-feira, 4 de novembro de 2019