Encontro Com a Palavra

Quem é Você?

Pr. Dick Woodward      segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

A história de Jacó é impressionante. O nome “Jacó” significa “usurpador” e ele honrou esse nome durante uma parte da sua vida.

Havia duas coisas na família de Jacó que valia a pena conquistar e Jacó conquistou a ambas. O direito de primogenitura que consistia em dar prioridade ao filho mais velho. Por isso a bênção que tinha sido dada a Abraão e passada para Isaque deveria ser dada a Esaú, filho mais velho de Isaque. Mas Esaú vendeu o direito de primogenitura a Jacó por um prato de sopa e Jacó enganou seu pai, roubando a bênção do seu irmão.

Depois que Jacó usurpou o direito de primogenitura e a bênção de Esaú, sua mãe lhe disse: “Eis que Esaú, teu irmão, se consola a teu respeito, resolvendo matar-te. Agora, pois, meu filho, ouve o que te digo: retira-te para a casa de Labão, meu irmão, em Harã” (Gênesis 27:42-43).

Na sua primeira noite fora de casa, Jacó teve um sonho, em que via uma escada, na qual anjos subiam e desciam. Nesse sonho Deus lhe apareceu e confirmou a aliança que tinha feito com Abraão, seu avô. Deus prometeu a Jacó que faria dele parte de Seus planos, e acrescentou: “Eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei voltar a esta terra, porque te não desampararei, até cumprir aquilo que te hei referido” (Gênesis 28:15).

Quando Jacó acordou ficou impressionado e disse: “Na verdade, o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia” (v. 16). Antes de continuar sua jornada, ele pegou a pedra que tinha usado como travesseiro e a levantou como coluna e a ungiu com óleo e ali  prometeu dar a Deus, o dízimo de tudo que Deus lhe desse (Gênesis 28:18-22).

A Batalha de Jacó

 A seguir, o que acontece, é a parte principal da história de Jacó. Depois de trabalhar durante vinte anos com seu tio Labão, Jacó teve uma experiência muito profunda e pessoal com Deus. Essa experiência está descrita no capítulo 32:

“e lutava com ele um homem, até o romper do dia. Vendo este que não podia com ele, tocou-lhe na articulação da coxa; deslocou-se a junta da coxa de Jacó, na luta com o homem. Disse este: Deixa-me ir, pois já rompeu o dia. Respondeu Jacó: Não te deixarei ir se me não abençoares. Perguntou-lhe, pois: Como te chamas? Ele respondeu: Jacó. Então, disse: Já não te chamarás Jacó, e sim Israel, pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste. Tornou Jacó: Dize, rogo-te, como te chamas? Respondeu ele: Por que perguntas pelo meu nome? E o abençoou ali.  Àquele lugar chamou Jacó Peniel, pois disse: Vi a Deus face a face, e a minha vida foi salva” (Gênesis 32:24-30)

Observe a pergunta que Deus fez a Jacó: “Como te chamas?” Nos tempos bíblicos os nomes tinham uma importância muito grande, como já pudemos perceber. Quase sempre diziam alguma coisa a respeito da pessoa.

Na verdade, Deus não estava perguntando o nome de Jacó. Ele estava perguntando: “Quem é você?”. Na verdade Deus já sabia a resposta, mas queria que Jacó a soubesse.

Como já vimos, o nome Jacó significa “usurpador”. Mas com o seu novo nome, Israel, ele e sua descendência seriam reconhecidos como “lutador”.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do pastor Edson Bruno. Ouça e descubra verdades que lhes ajudarão no dia a dia.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Padrões da Vida em Cristo

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

A Comunhão da Igreja no Evangelho

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Como ter um casamento saudável segundo a Bíblia?

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Trapos e Roupas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020