Encontro Com a Palavra

Salmo Emocional

Pr. Dick Woodward      sexta-feira, 14 de abril de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Salmo 55

Agora que já estudamos alguns Salmos importantes do “Homem Abençoado” e um Salmo de “Oração”. Hoje vamos estudar um outro Salmo de Oração, o Salmo 55.

Escuta a minha oração, ó Deus, não ignores a minha súplica;
ouve-me e responde-me! Os meus pensamentos me perturbam, e estou atordoado
diante do barulho do inimigo, diante da gritaria dos ímpios; pois aumentam o meu sofrimento e, irados, mostram seu rancor.
O meu coração está acelerado; os pavores da morte me assaltam.
Temor e tremor me dominam; o medo tomou conta de mim.
Então eu disse: "Quem dera eu tivesse asas como a pomba; voaria até encontrar repouso!
Sim, eu fugiria para bem longe, e no deserto eu teria o meu abrigo. Pausa
Eu me apressaria em achar refúgio longe do vendaval e da tempestade".
Destrói os ímpios, Senhor, confunde a língua deles, pois vejo violência e brigas na cidade... Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará.
À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.
Ele me guarda ileso na batalha, ainda que muitos estejam contra mim.
Deus, que reina desde a eternidade, me ouvirá e os castigará...  Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair.
Mas tu, ó Deus, farás descer à cova da destruição aqueles assassinos e traidores, os quais não viverão a metade dos seus dias. Quanto a mim, porém, confio em ti.

Já observamos em nossos estudos que os Livros de I e II Samuel e em parte dos Livros de Crônicas encontramos muito do contexto histórico  de alguns Salmos.

É muito importante que tenhamos essa perspectiva histórica quando lemos os Salmos, mas, o contexto histórico do Salmo 55 está nele mesmo.

Com base no parágrafo principal deste Salmo, acreditamos que Davi o tenha escrito logo depois que soube que seu filho Absalão tinha sido aconselhado a violentar todas as mulheres de seu pai no terraço do palácio as vistas de toda a nação de Israel.

Essa atrocidade tinha o objetivo de levar o povo a tomar partido para o lado de Davi ou para o lado de Absalão seu filho.

Foi Aitofel que havia sido o melhor amigo de Davi e seu conselheiro, quem aconselhou Absalão a cometer aquela grande atrocidade.

É difícil imaginar que o mesmo homem que escreveu o Salmo 23, também tenha sido o autor doSalmo 55.

Estado Emocional

Observe como Davi descreve seu estado emocional neste Salmo: “Os meus pensamentos me perturbam, e estou atordoado” (Salmos 55: 2)

Quando estamos cheio do Espírito Santo temos alegria, neste caso Davi não estava cheio do Espírito Santo, ele estava sofrendo e apavorado.

Creio que neste ponto da vida Davi, ele não estava declarando “O Senhor é o meu Pastor”, a essa altura da vida de Davi ele tinha sido seu próprio Pastor e isso o levou ao pecado.

Davi tinha adulterado e assassinado, ele estava tentando encobrir seus pecados. Davi não estava em comunhão com Deus.

Ele estava enfrentando um banquete de consequência pelos seus pecados.

Já vimos que o Livro de Jó foi escrito para as pessoas com o coração ferido e que todos estes Livros poéticos tem uma mensagem para os que estão com o coração ferido.

O coração de Davi estava muito ferido, ele diz: “os pavores da morte me assaltam. Temor e tremor me dominam; o medo tomou conta de mim... vejo violência e brigas na cidade. (Salmos 55: 4, 5 e 9)

Pessoas estavam sendo massacradas, uma guerra muito violenta estava acontecendo.

A primeira reação de Davi foi dizer: : "Quem dera eu tivesse asas como a pomba; voaria até encontrar repouso! Sim, eu fugiria para bem longe, e no deserto eu teria o meu abrigo.” (V.6 e 7)

Você já passou por uma situação em que sua primeira reação foi tentar escapar?

Geralmente nossa primeira reação é esta. Mas, muitas vezes nossa primeira reação não é a que Deus quer de nós.

Depois de parar mos um pouco e cobertos pela graça de Deus não tentamos mais fugir.

Depois de um tempo Davi não queria ter azas para escapar daquela situação trágica. Ele começou a tirar novas conclusões.

“Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará. À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.” (V. 16, 17)

Davi então tem sua oração respondida. Aparentemente Deus transforma o monologo de Davi em um dialogo, isso acontece em vários Salmos de oração.

Davi tem certeza que Deus vai livrá-lo e também a seus homens da revolução que se encadeou quando seu filho Absalão tentou destroná-lo.

De fato Deus livrou Davi!

Aplicação

Dessa forma clamando a Deus, Davi nos ensinou através do seu exemplo e palavra o que devemos fazer em situações trágicas.

Entregue suas preocupações ao Senhor e ele o susterá.

Encontro Com a Palavra é um estudo escrito pelo Dr. Dick Woodward e narrado na voz do Pastor Edson Bruno.

Comentários

Siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro de todas as novidades...

Cadastre-se gratuitamente nos cursos do Ecncontro Com a Palavra

 

Clique no link abaixo e faça seu cadastro agora mesmo!

Últimos Artigos

Direcionamentos de Deus Para a Sua Igreja

segunda-feira, 1 de março de 2021

Como estão divididos os livros da Bíblia?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Os Modelos de Ordem Para a Igreja

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

A Cronologia do Retorno de Cristo!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021